Como Surgiu o Blush?

postado por Lorenna Castro


Olá Meus Amores,
Hoje trouxe pra vocês um post de curiosidades. Às vezes me pego pensando de onde surgiu tal coisa e outra coisa, e por ai vai...
Então fui atrás para saber... Como surgiu o Blush!?






Não, o produtinho não apareceu num passe de mágica em sua nécessaire. Muito antes dos tutorias de make, ele já era feito de forma caseira na Grécia.
Quase o primeiro!
Apesar de ser um dos itens mais antigos de maquiagem, o blush perde para o delineador.
No Egito, antes de usarem as bochechas rosadas, desde o ano 3500 a.C., as mulheres se entregaram ao kohl (tinta feita com carvão) para marcar o olho de preto, tipo a Cleópatra.

Fábrica de Make

No século 18, o francês Alexandre Bourjois criou a primeira versão industrializada do produto, batizada de rouge, "Vermelho" em francês. Ele era usado pela nobreza, inclusive por homens, para dar a aparência de boneca de porcelana, a cara da riqueza na época.


Rouge X Blush

Maquiagem colorida e marcada: bem vinda aos anos 80. Nessa época, a indústria cosmética cresceu pra valer e os franceses ganharam a concorrência de outras empresas, em grande parte norte-americanas. Assim, o nome oficial passou de rouge para blush, "corar" em inglês. 

A Matéria-Prima

Foi na Grécia antiga por volta de 1100 a.C., que o produto passou a ser usado para dar aquele ar saudável ao rosto. Mas, pasme, a misturinha ainda era feita de forma artesanal, com frutas vermelhas ( quase sempre amoras ) e algas marinhas!

Como Viver Sem?

Tanta historia prova que o blush veio mesmo para ficar ( a gente agradece! ) item obrigatório em qualquer maquiagem, é encontrado em uma infinidade de texturas e cores. É só aplicar nas maçãs do rosto, em direção ás têmporas, e arrasar bem diva por aí!!!

Fonte: Revista Capricho edição Nº 1167


Beijos e Muito Brilho na Boca ;*

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...